.Espelhos recentes

. *aqui e ali*

. *energia*

. *A Mãe e o filho*

. O mais fácil!

. Sentidos do Deserto

. Os olhos!

. Para sentir...

. Parabéns!

. Portagens!

. Menino Anjo

.Espelhos antigos

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Outubro 2006

. Agosto 2006

.Ecos do Espelho

.Espelhos que por aqui passaram

visitas


.links

Segunda-feira, 31 de Março de 2008

Sentidos do Deserto

Há um ano atrás, tinha acabado de chegar do Sahara, numa viagem de 10 dias por Marrocos... Entre as cidades e as Dunas, as gentes eram diferentes...

Vim... e nada mais foi o mesmo. A minha vida mudou... Melhor! Eu passei a ser mais o que realmente era...

 

Um ano depois, continuo em transmutação...

Se antes era a lagarta, agora sou borboleta em metamorfose...

 

Nos dias em que ainda preciso de voltar ao casulo (ao que era), abro a garrafa de água que veio com areia das Dunas e sinto-me lá... Deitada nas dunas... de pés mergulhados na areia fina, tão fina que fica colada, como se tivesse uma segunda camada de pele... fina!

E fria, que lhe falta aquele Sol escaldante... Mas tem o mesmo frio da noite que acolhe e abraça com um manto de céu azul e de estrelas...

 

Noutras alturas, como neste fim de semana, vem a vontade de saborear... e aí a hortelã transforma-se em Whisky Bérbére...

E partilha-se... E bebe-se... Os olhos fecham-se e o som dos tam-tam e das cloches salta de novo... e rodopiamos em danças alegres e cantares bérbéres...

 

 

Estou grata.

Muito grata. Por me ter permitido viver esta oportunidade e ter aceite o desafio que em cima do dromedário o vento das Dunas me sussurrou...

 

"Confia na Vida! Confia na Vida! Confia na Vida!"

 

Estava difícil dar o salto... Finalmente ousei!

 

Shukran!

 

 

Bjs de Luz* 

música: Os passos na areia do Deserto!
Terça-feira, 18 de Março de 2008

Os olhos!

 

Olhei-a. Estava sentada à minha frente a ouvir o que eu dizia.

Parecia-me que lhe estava a fazer sentido.

Os seus olhos perguntavam-me por mais...

Está dentro de ti! Tanto que tens dentro de ti - dizia-lhe sem palavras.

 

Às tantas, num olhar que percorreu a sala, daqueles em que se olha para todas as pessoas nos olhos, compreendi, ao passar por ela, que os olhos daquela mulher eram de gratidão.

E nos meus desaguaram lágrimas interiores... por reconhecerem em mim, a hipótese de sentir aquele sentir.

 

Obrigado!

Muito obrigado!

 

Bjs de Luz*

.mais sobre mim

.Novembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.as minhas fotos