.Espelhos recentes

. *aqui e ali*

. *energia*

. *A Mãe e o filho*

. O mais fácil!

. Sentidos do Deserto

. Os olhos!

. Para sentir...

. Parabéns!

. Portagens!

. Menino Anjo

.Espelhos antigos

. Novembro 2008

. Setembro 2008

. Junho 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Outubro 2006

. Agosto 2006

.Ecos do Espelho

.Espelhos que por aqui passaram

visitas


.links

Terça-feira, 29 de Agosto de 2006

Feliz... Como uma criança!

 

Entrei no café e procurei-te. Não te vi.

Peguei no telemóvel e liguei:

- Tás onde que não te vejo?

- Tou aqui no café que te disse.

- Também eu e não te vejo.

Vieste a correr. Sorriste. Sorri-te também. Cumprimentámo-nos.

Apresentaste-me na mesa. Olhámo-nos com aquele ar cúmplice de quem se conhece há muito tempo e disse-te:

- Tás giro! Cortaste o cabelo!

-  Tou giro, não tou? - precisavas de confirmar.

Precisas sempre de confirmar. Contaste a história do corte do cabelo, daquele teu jeito que me faz soltar gargalhadas. Toda a mesa riu.

Senti-te feliz. Há tanto tempo que não te sentia assim. Senti que a vida pulsava dentro de ti.

Ai, amigo! Como é bom sentir-te assim...feliz!

Os restantes membros da mesa foram saindo, até ficarmos os dois. Mudei-me para o teu lado e começámos nas confidências habituais.

- Tou louco. Só tenho feito loucuras. Sinto-me louco.

- E feliz?

Olhaste-me, sorriste e respondeste:

- Sim!

Finalmente tiveste coragem de rumar no barco da felicidade. Finalmente abriste a porta para que alguém entrasse na tua vida e desarrumasse tudo o que havia para desarrumar e fazer-te assim... feliz.

O meu sorriso permanece no rosto. Estavas tão feliz.

- Mas eu tenho um coração pequenino. Tu sabes! - disseste-me.

- Enganaste, amigo! Tens um coração enorme, embora só utilizes um bocadinho dele. Por isso te parece que ele é pequeno.

Pensaste... Olhaste-me e disseste admirado, como se eu estivesse a confirmar aquilo que já sabias, mas não querias ver:

- Se calhar!... 

A insegurança, a tristeza, a dor, a revolta, que sentias desde que nos conhecemos, desvaneceu, já não tem força em ti. E isso, permitiu que pudesses ser feliz de novo. Como uma criança!

Esse teu coração grande é mesmo grande. Nele habita um ser especial, único, belo, sincero, verdadeiro...

Bem hajas amigo do peito. Que esse coração se preencha de tudo o que tens em ti. E vai em frente... Inglaterra espera por ti e o Universo também.

E eu... fico muito, muito, mesmo muito feliz por ti. Tu sabes disso!...

Obrigado por este cafézinho. Tinha saudades!

 

 

E o teu espelho? Qual foi?

 

sinto-me:
música: "All is wellcome here" - Deva Premal & Miten
publicado por MoonLight às 16:15

link do post | Que te espelhou o coração? | favorito
|

.mais sobre mim

.Novembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.as minhas fotos